Qual a importância do seguro residencial?

15/06/2016

Muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre o seguro residencial e seus benefícios. Qual a importância do seguro residencial? Veja a seguir os motivos e vantagens ao contrata-lo!

A busca pelos seguros residenciais têm aumentado nos últimos anos e, hoje em dia, o seguro residencial têm se tornado quase tão indispensável quanto o seguro de carro. Ainda assim, muitas pessoas se questionam se devem ou não optar por esse seguro. Veja a seguir qual a importância do seguro residencial e como ele pode proteger seu patrimônio de imprevistos:

  1. Motivos para fazer um seguro residencial

  2. Vantagens do seguro residencial

  3. Faça o seguro residêncial de acordo com sua necessidade

1. Motivos para fazer um seguro residencial 

85% das pessoas que procuram o seguro residencial, o fazem por medo do roubo e furto de seus bens. Dessa porcentagem, a grande maioria mora em residências térreas. Ainda assim, devido ao aumento de insidências de roubos em apartamentos, os moradores desse tipo de residência também têm procurado o seguro residencial.

Apesar dos roubos e furtos serem um grande motivo, o seguro residêncial cobre também outros tipos de eventualidades, como:

  • Incêncios

  • Vendaval

  • Desmoronamento

  • RC Familiar

  • Danos elétricos

  • Roubo

  • Perda e pagamento de aluguel

Para entender a importância do seguro residencial faça uma conta rápida: some, por cima, o valor dos bens que você têm em vista: televisão, notebook, celulares, aparelhos de som, joias, etc. Os prejuízos por roubo, incêndio e outras eventualidades podem chegar a R$30, R$ 50 mil e até mais dependendo do valor de seus bens. Para se ter uma idéia, com um seguro de R$200 anuais contra roubo já seria possível cobrir esse prejuízo.

2. Vantagens do seguro residencial

Além da proteção e tranquilidade o seguro residencial pode ser muitos mais útil do aparenta. Por exemplo, em uma tempestade é comum termos modens, televisores e outros aparelhos queimados, com o seguro residencial - e a cobertura para esse tipo de eventualidade - é possível reaver o valor dos aparelhos queimados sem ter prejuízos.

Outro problema comum são os alagamentos, que o seguro residencial também cobre. Além disso, o seguro cobre também acidentes pessoais que possam acontecer durantes esses eventos, e também acidentes a terceiros.

Para tornar os seguros residenciais mais atraentes, as seguradoras oferecem assistências como: desentupimento, chaveiro, consertos em eletro-domésticos, etc. Isso justifica também a maior procura desse seguro pelas mulheres.

3. Faça o seguro residêncial de acordo com sua necessidade

Avaliar sua necessidade do seguro residencial é muito importante antes de fazer a contratação, e até mesmo, antes de pesquisar pelo produto. Por exemplo, se você mora no décimo terceiro andar de um prédio não é necessário contratar a cobertura para alagamento.

Por isso a importância de anotar quais são suas preocupações e medos para então buscar pelo seguro que melhor lhe atenda, tanto em proteções, quanto financeiramente.

Antes de contratar, pesquisar os preços dos seguros residenciais em diferentes seguradoras é, também, muito importânte. Isso porque o preço pode variar muito de seguradora para seguradora, ou seja, uma boa cotação é fundamental para seu bolso.

Por último, vale informar que o seguro residêncial, assim como o seguro de carros, também possui bônus progressivo ao não registrar sinistros, o que o torna mais barato a cada novo ano sem ocorrências.

Contrate o seguro residencial e protege sua família e seu patrimônio!